Artigos

IAU: ETF americano que segue o preço do ouro

O iShares Gold Trust (IAU) é um Exchange Traded Fund (ETF) que replica o desempenho do preço do ouro no mercado financeiro. Atuando como um veículo de investimento, o IAU oferece aos investidores uma maneira simplificada de obter exposição ao valor do ouro sem a necessidade de adquirir o metal físico.
ETF IAU

Investir em ouro sempre foi uma estratégia popular para proteger e diversificar investimentos. No mundo das finanças, o IAU se destaca como um ETF nos Estados Unidos que oferece uma maneira acessível e prática para os investidores se envolverem com o precioso metal.

Portanto, este ETF é especialmente projetado para acompanhar o valor do ouro no mercado, proporcionando uma oportunidade de investimento sem a necessidade de lidar diretamente com o ouro físico. Então vamos ver em detalhes o funcionamento, vantagens e aspectos a considerar ao optar pelo IAU como parte de uma estratégia de investimento.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

O que é o IAU?

O IAU, também conhecido como iShares Gold Trust, é um ETF projetado para refletir o desempenho do preço do ouro no mercado financeiro através de uma carteira teórica: a LBMA Gold Price, administrado pela London Bullion Market Association e é uma referência mundial para o acompanhamento do ouro. Sendo assim, o IAU permite que os investidores obtenham exposição ao ouro sem a necessidade de adquirir, armazenar ou negociar diretamente o metal físico.

Portanto, ao investir no IAU, você pode acompanhar os movimentos do preço do ouro, oferecendo uma maneira simplificada e acessível de incluir o ouro em suas carteiras de investimentos e com isso, aumentar a diversificação.

Como funciona?

O funcionamento do IAU é bastante direto. Esse ETF de ouro trabalha como um meio de investimento que acompanha o preço do ouro no mercado. Em vez de adquirir o ouro físico, o investidor compra cotas do IAU, que estão diretamente ligadas ao desempenho do preço do ouro.

Ao seguir o preço do ouro spot (preço atual e imediato do ouro), o IAU simplifica o processo de investimento no metal precioso. Os investidores podem negociar essas cotas em bolsas de valores, sendo assim, participando do preço do ouro sem a necessidade de lidar com o metal físico.

Para acompanhar o preço do ouro, o IAU cobra uma taxa de administração anual de 0,25%. Essa taxa é considerada relativamente baixa em comparação com outros ETFs, tornando o investimento no IAU mais acessível para os interessados em se expor ao mercado de ouro.

Vantagens e desvantagens do IAU

Vantagens:

  • Acessibilidade: O IAU oferece uma maneira prática e acessível de investir no ouro, permitindo que os investidores obtenham exposição ao metal precioso sem precisar adquirir ou armazenar o ouro físico.
  • Taxa de administração mais baixa: Com uma taxa de administração de 0,25% ao ano, o IAU apresenta uma taxa relativamente baixa em comparação com outros ETFs, o que pode ser atrativo para investidores em busca de custos menores.
  • Diversificação na carteira: Para investidores que buscam diversificar suas carteiras ou adicionar proteção contra volatilidades do mercado, o IAU pode ser uma opção interessante devido à relação do ouro como ativo de reserva de valor.

Desvantagens:

  • Não permite resgatar o ouro físico: Ao investir no IAU, os investidores não têm a opção de resgatar o ouro físico, já que o investimento está vinculado às cotas do ETF.
  • Comparação com outros ETFs: Embora tenha uma taxa de administração menor, o IAU pode ter um valor de mercado menor em comparação com outros ETFs de ouro mais consolidados, como o GLD.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

IAU ou GLD: Qual escolher?

Ao considerar entre o IAU e o GLD (SPDR Gold Shares ETF), é essencial ponderar alguns pontos-chave:

  1. Taxa de administração: O IAU tende a ter uma taxa de administração menor, 0,25% ao ano, em comparação com o GLD, que cobra 0,40%. Para investidores que priorizam custos mais baixos, o IAU pode ser mais atraente.
  1. Valor de mercado: O GLD é um ETF de ouro mais consolidado no mercado, possuindo um valor de mercado geralmente maior que o IAU. Isso pode influenciar investidores que buscam maior liquidez ou preferem ativos com histórico estabelecido.
  1. Preferências individuais: A escolha entre os dois ETFs pode depender das preferências e estratégias de investimento de cada pessoa. Investidores iniciantes ou aqueles que buscam custos menores podem favorecer o IAU, enquanto investidores que valorizam liquidez e tradição podem optar pelo GLD.

Ao decidir entre o IAU e o GLD, é importante considerar suas metas de investimento, tolerância ao risco e a preferência por custos ou liquidez. Cada um tem suas vantagens e desvantagens, e a escolha final dependerá das necessidades e objetivos individuais de cada investidor.

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Open chat
Posso te ajudar?
Olá, podemos te ajudar?