Artigos

Carteira de investimentos internacional: como montar a sua e vantagens de investir fora do Brasil

Uma carteira internacional de investimentos é uma estratégia financeira que envolve a alocação de ativos em mercados estrangeiros além das fronteiras do país de origem do investidor. Essa abordagem permite diversificar os investimentos em diferentes geografias e classes de ativos, proporcionando potencial de retorno e redução de riscos associados a eventos econômicos ou políticos locais.
carteira de investimentos internacional

Em um mundo cada vez mais globalizado, investir no exterior se tornou uma estratégia fundamental para quem busca uma maior diversificação e potencial de retorno em seus investimentos, e por isso é importante entender como montar uma carteira de investimentos internacional.

Tendo isso em mente, neste artigo vamos entender sobre os investimentos nos Estados Unidos, revelando o que é necessário para construir a sua carteira e, mais importante ainda, as vantagens significativas que ela oferece para aqueles que desejam expandir seus investimentos para além do Brasil.

Nos acompanhe nesta jornada para um entendimento mais profundo de como o mundo dos investimentos internacionais pode impulsionar sua trajetória de sucesso financeiro.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

O que é uma carteira de investimentos internacional?

Uma carteira de investimentos internacional é uma estratégia de alocação de ativos que envolve investir em ativos financeiros fora do país de origem do investidor. Essa carteira pode incluir uma variedade de ativos, como ações, títulos, fundos mútuos, imóveis e outros instrumentos financeiros disponíveis nos mercados internacionais.

Ela oferece aos investidores a oportunidade de diversificar seus investimentos geograficamente, aproveitar oportunidades em economias estrangeiras e reduzir o risco associado à exposição exclusiva ao mercado doméstico. Em resumo, uma carteira de investimentos internacional permite que os investidores ampliem seus horizontes financeiros além das fronteiras nacionais.

Vantagens de investir no exterior

Investir no exterior oferece uma série de vantagens importantes que podem impulsionar seus resultados financeiros e mitigar riscos. Vamos explorar algumas das principais:

Diversificação

A diversificação é a chave para reduzir o risco em seus investimentos. Ao incluir ativos internacionais em sua carteira, você distribui os riscos associados a condições econômicas e políticas específicas de seu país de origem.

Em outras palavras, não coloca todos os ovos na mesma cesta. Isso pode ajudar a proteger seu patrimônio em momentos de instabilidade local.

Exposição a outra economia

Investir no exterior oferece a oportunidade de se expor a economias diferentes daquela em que você reside. Isso é particularmente valioso quando a economia de seu país passa por desafios. Outras nações podem estar em um ciclo econômico mais favorável, o que pode resultar em retornos mais atrativos.

Possibilidade de investir em grandes empresas

Muitas das maiores e mais influentes empresas do mundo têm ações negociadas em bolsas internacionais. Investir no exterior permite que você acesse gigantes corporativos como Apple, Amazon, Microsoft e muitas outras. Isso amplia seu leque de oportunidades de investimento e oferece a chance de participar do sucesso de empresas globalmente reconhecidas.

Essas são apenas algumas das vantagens que tornam o investimento no exterior uma estratégia interessante para investidores que buscam maximizar seus ganhos e minimizar riscos.

No entanto, é importante lembrar que investir internacionalmente também traz seus próprios desafios e nuances, incluindo questões cambiais e regulatórias. Portanto, uma abordagem bem informada e planejada é essencial ao considerar essa opção.

Quais são as opções de investimentos na bolsa americana?

Investir na bolsa de valores dos Estados Unidos é uma opção altamente atrativa para investidores que desejam se expor ao mercado financeiro internacional. Nesse sentido, a Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) e a Nasdaq são destinos populares.

Vamos ver algumas das principais opções de investimento disponíveis nesse cenário:

ETFs (Exchange-Traded Funds)

Os Exchange-Traded Funds, ou ETFs, são instrumentos de investimento que rastreiam índices, commodities, setores específicos e muito mais. Eles são negociados como ações na bolsa e oferecem uma maneira eficiente de diversificar sua carteira.

Os ETFs são conhecidos por sua liquidez e baixas taxas de administração, tornando-os populares entre investidores individuais.

Stocks (Ações)

A compra de stocks (ações individuais de empresas) é uma forma direta e amplamente praticada de investimento na bolsa americana. Você adquire ações de empresas específicas, tornando-se um acionista e participando dos lucros da empresa.

A diversidade de empresas listadas na bolsa americana oferece uma ampla gama de oportunidades de investimento, desde empresas tecnológicas inovadoras até gigantes estabelecidos em diversos setores.

REITs (Real Estate Investment Trusts)

Os Real Estate Investment Trusts, ou REITs, permitem que investidores participem do mercado imobiliário dos EUA sem a necessidade de comprar propriedades físicas. Os REITs investem em imóveis comerciais, residenciais ou outros ativos relacionados ao setor imobiliário.

Eles oferecem renda passiva aos investidores por meio de distribuições regulares de dividendos e são uma maneira de diversificar sua carteira com exposição ao mercado imobiliário.

Treasury (Títulos do Tesouro)

Os títulos do Tesouro dos Estados Unidos são considerados ativos seguros e de baixo risco. Eles incluem opções como Treasuries de curto prazo, médio prazo e longo prazo, bem como TIPS (Títulos do Tesouro Protegidos contra a Inflação).

Esses títulos são emitidos pelo governo dos EUA e são conhecidos por sua estabilidade e garantia de pagamento, tornando-os adequados para investidores conservadores em busca de renda fixa.

Essas são apenas algumas das opções disponíveis para investidores na bolsa americana. Cada uma delas possui características e riscos específicos, portanto, é essencial entender seus objetivos de investimento e tolerância ao risco antes de escolher as melhores opções para a sua carteira. Além disso, aconselhamos que você busque orientação financeira profissional ao investir no exterior para tomar decisões seguras.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

Como montar uma carteira de investimentos internacional?

Montar uma carteira de investimentos internacional pode ser uma estratégia financeira poderosa, mas também exige planejamento, pesquisa e uma compreensão sólida dos mercados globais.

Aqui estão os passos essenciais para criar a sua própria carteira internacional:

  1. Defina seus objetivos de investimento: Comece definindo claramente seus objetivos financeiros, como aposentadoria, compra de imóveis, educação dos filhos, entre outros. Estabelecer metas claras ajudará a determinar sua estratégia de investimento.
  1. Avalie sua tolerância ao risco: Compreender o quanto de risco você está disposto a assumir é fundamental. Investir internacionalmente pode envolver flutuações cambiais e volatilidade dos mercados estrangeiros. Portanto, escolha ativos que estejam alinhados com seu perfil de risco.
  1. Pesquise mercados e ativos: Explore as diferentes opções disponíveis nos mercados internacionais. Isso inclui ações de empresas estrangeiras, ETFs, títulos, imóveis e outros investimentos. Analise os fundamentos, o histórico de desempenho e as perspectivas de cada ativo.
  1. Diversifique sua carteira: Evite concentrar seus investimentos em um único país ou setor. A diversificação é a chave para reduzir riscos. Distribua seus recursos em diferentes classes de ativos e geografias para espalhar os riscos, nesse caso, os ADRs podem ser interessantes para a sua estratégia de investimentos.

Como montar uma carteira de investimentos em dólar para a aposentadoria

Como montar uma carteira de dividendos em dólar

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir o bate-papo
Posso te ajudar?
Olá, posso te ajudar?