Artigos

O que é value investing e como se tornar um

Value investing é uma estratégia de investimento que envolve a compra de ações de empresas que estão sendo negociadas abaixo do seu valor intrínseco. Os investidores buscam oportunidades de investimento em empresas subvalorizadas, visando obter retornos a longo prazo à medida que o mercado reconhece seu verdadeiro valor.
value investing

Você já ouviu falar sobre value investing? É uma estratégia inteligente de investimento que tem conquistado a atenção de muitos interessados em fazer seu dinheiro render mais na bolsa de valores. Mas o que exatamente é o value investing e como você pode se tornar um investidor nessa abordagem?

Neste artigo, vamos entender os fundamentos do value investing e como você pode começar a aplicar essa estratégia para alcançar seus objetivos financeiros. Vamos ver a fundo esse modelo de investimento e descobrir como você pode se tornar um investidor de sucesso.

Afinal, o que é value investing?

Value investing, ou investimento em valor, é uma estratégia de investimento que se concentra em comprar ações de empresas que estão sendo negociadas abaixo do seu valor intrínseco. Mas o que isso significa na prática? Bem, imagine que você está fazendo compras no supermercado e encontra um produto que está com um desconto incrível.

Você sabe que o valor real daquele produto não mudou, mas o preço foi temporariamente reduzido. O mesmo princípio se aplica ao value investing. Os investidores buscam por empresas cujo valor real é maior do que o preço atual das suas ações.

Eles acreditam que, com o tempo, o mercado irá reconhecer o verdadeiro valor dessas empresas e os preços das ações irão subir. Essa abordagem difere da maioria dos investidores, que muitas vezes compram ações com base no seu preço atual, sem considerar se estão subvalorizadas ou sobrevalorizadas. O value investing, portanto, envolve paciência, pesquisa e uma compreensão sólida dos fundamentos de uma empresa.

Como funciona o value investing?

O value investing funciona de uma maneira bastante simples, mas requer uma análise cuidadosa e uma abordagem disciplinada. Em vez de simplesmente seguir as tendências do mercado ou investir em empresas populares, os investidores de value investing procuram por empresas que estão sendo subvalorizadas pelo mercado.

E como eles fazem isso? Eles examinam cuidadosamente os fundamentos da empresa, como suas finanças, sua posição competitiva no mercado e a qualidade de sua gestão. Eles procuram por empresas que têm um valor real maior do que o preço atual de suas ações. Isso significa que eles estão basicamente procurando pechinchas – empresas que estão sendo vendidas por um preço mais baixo do que realmente valem.

Uma vez que eles encontram essas empresas subvalorizadas, eles compram suas ações e esperam pacientemente que o mercado reconheça o verdadeiro valor delas. Isso pode levar algum tempo, então o value investing é realmente uma estratégia de investimento de longo prazo. Mas, no final, os investidores de value investing acreditam que sua paciência será recompensada, já que eles estão comprando empresas com um grande potencial de crescimento a um preço atrativo.

Valor intrínseco e value investing

No value investing, o conceito de valor intrínseco desempenha um papel fundamental. Mas o que é valor intrínseco? Em termos simples, o valor intrínseco de uma empresa é o seu valor real, ou seja, quanto ela realmente vale, independentemente do que o mercado esteja disposto a pagar por suas ações no momento.

Este valor é determinado por uma análise cuidadosa dos fundamentos da empresa, incluindo sua saúde financeira, perspectivas de crescimento, posição competitiva no mercado e qualidade da gestão. O valor intrínseco é muitas vezes calculado utilizando várias métricas financeiras e modelos de avaliação, como o fluxo de caixa descontado e a avaliação por múltiplos.

No contexto do value investing, os investidores procuram por empresas cujo valor intrínseco é maior do que o preço atual de suas ações. Eles acreditam que, ao comprar essas empresas subvalorizadas, estão adquirindo ativos com um grande potencial de valorização no longo prazo.

Vantagens e desvantagens do value investing

O value investing, assim como qualquer estratégia de investimento, tem suas vantagens e desvantagens. Vamos dar uma olhada em algumas delas:

Vantagens:

  1. Potencial de retorno atrativo: Uma das maiores vantagens do value investing é o potencial de retorno atrativo a longo prazo. Ao investir em empresas subvalorizadas, os investidores têm a oportunidade de comprar ações a preços abaixo do seu valor real, o que pode resultar em ganhos significativos quando o mercado reconhecer o verdadeiro valor dessas empresas.
  1. Menor risco: Embora nenhum investimento seja completamente livre de riscos, o value investing pode ser considerado menos arriscado do que outras estratégias de investimento, como o investimento em empresas de crescimento. Isso ocorre porque as empresas em que os investidores de value investing investem geralmente têm fundamentos sólidos e um histórico comprovado de desempenho, o que pode ajudar a reduzir o risco de perda de capital.
  1. Abordagem disciplinada: O value investing é uma abordagem disciplinada que se baseia na análise cuidadosa dos fundamentos de uma empresa. Isso significa que os investidores de value investing tendem a tomar decisões de investimento com base em fatos e dados sólidos, em vez de se deixarem levar pela emoção ou pelo frenesi do mercado.

Desvantagens:

  1. Paciência necessária: Uma das principais desvantagens do value investing é a necessidade de paciência. Como as empresas subvalorizadas podem levar algum tempo para serem reconhecidas pelo mercado, os investidores de value investing muitas vezes precisam esperar anos antes de verem um retorno significativo sobre seu investimento.
  1. Necessidade de pesquisa intensiva: Para ser bem-sucedido no value investing, os investidores precisam estar dispostos a realizar uma pesquisa intensiva e uma análise detalhada das empresas em que estão interessados. Isso pode exigir tempo e esforço significativos, o que pode não ser viável para todos os investidores.

Conclusão

Em conclusão, o value investing é uma estratégia de investimento sólida que oferece aos investidores a oportunidade de comprar ações de empresas subvalorizadas com potencial de crescimento significativo a longo prazo.

Embora exija paciência, pesquisa e uma abordagem disciplinada, as vantagens de potenciais retornos atrativos e menor risco fazem dele uma opção atraente para aqueles que buscam construir um portfólio de investimentos sólido e sustentável ao longo do tempo.

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir o bate-papo
Posso te ajudar?
Olá, posso te ajudar?