Artigos

ROAE: entenda o que é o retorno sobre patrimônio médio

O ROAE, ou Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio, é uma métrica financeira que avalia a rentabilidade de uma empresa em relação ao seu patrimônio líquido médio ao longo de um período de tempo específico. Ele indica a eficiência da empresa em gerar retorno financeiro com seus próprios recursos.
roae

No mundo dos negócios e das finanças, compreender as métricas e indicadores é um dos passos fundamentais para tomar decisões informadas e estratégicas. Uma dessas métricas essenciais é o ROAE, abreviação para Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio.

Essa medida oferece insights valiosos sobre como uma empresa está aproveitando seus recursos próprios para gerar lucro. Neste artigo, vamos ver em detalhes o que é o ROAE e por que é tão relevante para a análise financeira e empresarial.

O que é ROAE?

O ROAE, ou Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio, é uma métrica financeira fundamental que avalia a eficiência com que uma empresa utiliza seus recursos próprios para gerar lucro.

O principal objetivo do ROAE é fornecer uma medida clara da capacidade de uma empresa em gerar retorno financeiro em relação ao seu patrimônio líquido médio ao longo de um período de tempo específico. Isso permite aos investidores, gestores e analistas financeiros avaliar a eficiência da empresa em utilizar seus recursos próprios para gerar lucro.

Além disso, o ROAE é útil para comparar o desempenho de diferentes empresas dentro do mesmo setor ou entre setores distintos. Empresas com ROAEs mais elevados geralmente são vistas como mais atrativas para investimento, pois demonstram uma capacidade superior de geração de retorno financeiro com seus próprios recursos.

Diferença entre ROAE e ROE

Enquanto ambos os indicadores são utilizados para medir a rentabilidade de uma empresa em relação ao seu patrimônio líquido, há distinções importantes entre eles.

O ROE, ou Retorno sobre o Patrimônio Líquido, é uma métrica que calcula o retorno gerado pela empresa em relação ao seu patrimônio líquido no final de um determinado período. Em contraste, o ROAE utiliza o patrimônio líquido médio ao longo de um período específico, levando em consideração tanto o valor inicial quanto o valor final do patrimônio líquido.

Essa diferença na utilização do patrimônio líquido torna o ROAE uma medida mais precisa em empresas que experimentam flutuações significativas em seu patrimônio líquido ao longo do tempo, como é o caso de instituições financeiras.

Diferença entre ROAE e ROA

Embora ambos sejam indicadores de rentabilidade, eles têm enfoques diferentes. O ROAE mede a rentabilidade em relação ao patrimônio líquido médio da empresa, enquanto o ROA avalia a rentabilidade em relação aos ativos totais da empresa.

Essa diferença na base de cálculo é crucial. Enquanto o ROAE se concentra em como a empresa está gerando retorno financeiro com seus recursos próprios, o ROA analisa como ela está utilizando todos os seus ativos para gerar lucro, independentemente de sua estrutura de financiamento.

Sendo assim, enquanto o ROAE é mais útil para avaliar a eficiência na utilização do patrimônio líquido da empresa, o ROA fornece uma visão mais ampla da eficiência na utilização de todos os ativos disponíveis para gerar lucro. Essas métricas, portanto, são complementares e juntas fornecem uma análise abrangente da rentabilidade e eficiência operacional da empresa.

Como calcular o ROAE

Vamos entender como calcular o ROAE. O processo é relativamente simples e envolve apenas algumas etapas.

  1. Encontre o lucro líquido: O primeiro passo é encontrar o lucro líquido da empresa, que pode ser obtido a partir do demonstrativo de resultados. O lucro líquido representa o ganho da empresa após deduzir todas as despesas e impostos.
  1. Calcule o patrimônio líquido médio: Em seguida, calcule o patrimônio líquido médio, que é a média entre o patrimônio líquido no início e no final do período analisado. Você pode obter esses valores nos balanços patrimoniais da empresa. A fórmula para calcular o patrimônio líquido médio é:

Patrimônio Líquido Médio = (Patrimônio Líquido Inicial + Patrimônio Líquido Final) / 2

  1. Divida o lucro líquido pelo patrimônio líquido médio: Em seguida, divida o valor do lucro líquido encontrado no passo 1 pelo patrimônio líquido médio calculado no passo 2.
  1. Multiplique o resultado por 100: Para expressar o ROAE em forma de porcentagem, multiplique o resultado obtido no passo 3 por 100.

Esses passos simples fornecem o valor do ROAE, que representa a rentabilidade da empresa em relação ao seu patrimônio líquido médio.

Importância do ROAE para análise de bancos

Vamos entender a importância do ROAE para a análise de bancos e instituições financeiras.

  • Estrutura de capital complexa: Diferentemente de empresas não financeiras, os bancos têm uma estrutura de capital mais complexa e dependem fortemente de dívidas para financiar suas operações. O ROAE leva em consideração o patrimônio líquido médio, permitindo avaliar a rentabilidade gerada pelos recursos próprios do banco.
  • Modelo de negócio específico: Os bancos operam principalmente com a captação e empréstimo de recursos. Portanto, a rentabilidade é fortemente influenciada pela eficiência na gestão desses recursos. O ROAE é uma métrica que mede essa eficiência, tornando-se relevante na análise de bancos.
  • Variação do patrimônio líquido: Bancos e instituições financeiras podem ter grandes variações no patrimônio líquido ao longo do tempo, devido a fatores como empréstimos, investimentos e regulamentações. O ROAE leva em conta o patrimônio líquido médio, fornecendo uma medida mais precisa da rentabilidade em comparação com outras métricas, como o ROE.
  • Avaliação de riscos: O ROAE ajuda a avaliar a exposição a riscos de um banco. Um ROAE muito alto pode indicar que o banco está assumindo riscos excessivos para aumentar a rentabilidade, o que pode não ser sustentável a longo prazo.
  • Benchmarking: O ROAE é uma métrica padronizada que permite comparar a rentabilidade de diferentes bancos e instituições financeiras. Isso ajuda investidores e analistas a identificar os bancos mais eficientes e com melhor desempenho.

Em conclusão, o ROAE é uma ferramenta valiosa para avaliar a rentabilidade e a eficiência na gestão dos recursos de bancos e instituições financeiras. Por meio dessa métrica, é possível entender melhor o desempenho financeiro dessas instituições e tomar decisões de investimento mais informadas.

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir o bate-papo
Posso te ajudar?
Olá, posso te ajudar?