Artigos

O que é Growth Investing? Como funciona e tudo sobre essa estratégia

Growth investing é uma estratégia de investimento que se concentra em identificar e investir em empresas com alto potencial de crescimento futuro. Os investidores que adotam essa abordagem buscam empresas que demonstram um crescimento sólido em termos de receita, lucros e participação de mercado, visando obter retornos significativos a longo prazo.
growth investing

Você já ouviu falar em growth investing? Se você está interessado em investir no mercado de ações e buscar oportunidades de crescimento a longo prazo, é fundamental entender essa estratégia.

O growth investing é mais do que apenas comprar ações; é uma abordagem meticulosa de investimento que se concentra em empresas com potencial de crescimento significativo no futuro.

Neste artigo, vamos entender tudo sobre o growth investing, desde o que é até como funciona, além de discutir suas vantagens, desvantagens e como escolher as melhores ações para essa estratégia.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

O que é growth investing?

Growth investing, ou investimento em crescimento, é uma estratégia de investimento focada em identificar e investir em empresas que têm um alto potencial de crescimento futuro. Em vez de se concentrar apenas no valor atual das ações, os investidores que adotam essa abordagem buscam empresas que demonstram um crescimento sólido em termos de receita, lucros e participação de mercado.

Essas empresas muitas vezes operam em setores em expansão, como tecnologia, biotecnologia, e-commerce, entre outros. O objetivo do growth investing não é apenas comprar ações, mas também investir em empresas que têm o potencial de crescer e expandir seu negócio ao longo do tempo.

Uma característica importante do growth investing é que os investidores estão dispostos a pagar um prêmio por ações de empresas com perspectivas de crescimento promissoras, mesmo que isso signifique comprar ações a preços mais elevados. Isso ocorre porque eles acreditam que o crescimento futuro da empresa compensará o preço mais alto pago hoje.

Como funciona a estratégia de growth investing?

A estratégia de growth investing funciona de maneira bastante simples, mas requer uma análise cuidadosa e uma compreensão profunda do mercado e das empresas envolvidas.

Em sua essência, o growth investing envolve identificar empresas com alto potencial de crescimento e investir nelas antes que esse crescimento seja refletido em seus preços de mercado. Os investidores que seguem essa estratégia procuram empresas que estão crescendo rapidamente em termos de receita, lucros e participação de mercado, e acreditam que essas empresas continuarão a crescer no futuro.

Para implementar a estratégia de growth investing, os investidores geralmente realizam uma análise detalhada das empresas em potencial, avaliando fatores como o histórico de crescimento da empresa, suas perspectivas de crescimento futuro, a qualidade de sua administração e equipe de liderança, e a competitividade de seus produtos ou serviços.

Além disso, os investidores de growth também podem considerar fatores financeiros, como o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE), o retorno sobre o investimento (ROI) e a taxa de crescimento anual composta (CAGR) da empresa.

Uma vez identificadas as empresas com potencial de crescimento, os investidores podem comprar ações dessas empresas e mantê-las em suas carteiras por um longo período de tempo, permitindo que o crescimento da empresa se traduza em retornos significativos para seus investimentos.

Diferenças entre growth investing e value investing

Enquanto o growth investing e o value investing são ambos estilos de investimento que visam gerar retornos positivos, eles têm abordagens e objetivos distintos.

Growth Investing:

O growth investing se concentra em encontrar empresas com alto potencial de crescimento futuro. Os investidores que seguem essa estratégia estão dispostos a pagar um prêmio por ações de empresas com perspectivas de crescimento promissoras, mesmo que isso signifique comprar ações a preços mais elevados.

Eles acreditam que o crescimento futuro da empresa compensará o preço mais alto pago hoje. Este tipo de investimento geralmente envolve empresas em setores emergentes ou inovadores, como tecnologia, biotecnologia e e-commerce.

Value Investing:

Por outro lado, o value investing é uma estratégia que se concentra em encontrar empresas que estão sendo negociadas a um preço inferior ao seu valor intrínseco. Os investidores de value investing procuram por empresas subvalorizadas pelo mercado, que estão sendo negociadas a preços abaixo do seu valor real.

Eles acreditam que o mercado está subestimando o potencial dessas empresas e esperam lucrar quando o mercado reconhecer seu verdadeiro valor. Este tipo de investimento geralmente envolve empresas que podem estar enfrentando dificuldades temporárias, mas têm fortes fundamentos subjacentes.

Principais diferenças:

  • Enquanto o growth investing busca empresas com alto potencial de crescimento futuro, o value investing busca empresas subvalorizadas pelo mercado.
  • No growth investing, os investidores estão dispostos a pagar um prêmio por ações de empresas com perspectivas de crescimento promissoras, enquanto no value investing os investidores buscam comprar ações a preços abaixo do seu valor intrínseco.
  • O growth investing geralmente envolve empresas em setores emergentes e inovadores, enquanto o value investing pode envolver uma variedade de setores e indústrias.

Em resumo, enquanto ambas as estratégias têm o potencial de gerar retornos positivos, elas diferem em suas abordagens e objetivos de investimento. Os investidores podem optar por seguir uma estratégia específica com base em seus objetivos de investimento, tolerância ao risco e visão de mercado.

Vantagens e desvantagens do growth investing

O growth investing oferece oportunidades e desafios únicos para os investidores. Aqui estão algumas vantagens e desvantagens dessa estratégia:

Vantagens:

  1. Potencial de lucros significativos no longo prazo: Investir em empresas com alto potencial de crescimento futuro pode levar a retornos excepcionais ao longo do tempo. Empresas bem-sucedidas em expansão podem experimentar valorizações substanciais de suas ações à medida que crescem e aumentam sua participação de mercado.
  1. Participação em empresas inovadoras e em crescimento: O growth investing permite que os investidores participem do crescimento de empresas inovadoras e disruptivas. Isso pode proporcionar uma sensação de estar na vanguarda de novas tendências e tecnologias.
  1. Acompanhamento de setores em expansão: Ao investir em empresas de crescimento, os investidores podem se expor a setores e indústrias em crescimento, como tecnologia, saúde e biotecnologia. Esses setores muitas vezes oferecem oportunidades de crescimento substanciais devido à demanda por inovação e avanços tecnológicos.

Desvantagens:

  1. Maior volatilidade: As ações de empresas de crescimento podem ser mais voláteis do que as de empresas mais estabelecidas. Isso ocorre porque o crescimento futuro dessas empresas é incerto e pode ser afetado por uma variedade de fatores, incluindo mudanças no mercado, concorrência e desenvolvimentos tecnológicos.
  1. Risco de investir em empresas que não conseguem atingir suas projeções de crescimento: Nem todas as empresas de crescimento alcançam seu potencial de crescimento projetado. Investir em empresas que não conseguem atingir suas metas de crescimento pode resultar em perdas significativas para os investidores.
  1. Necessidade de paciência: O crescimento das empresas de crescimento muitas vezes ocorre ao longo de um período prolongado. Portanto, os investidores de growth investing devem ter paciência e estar dispostos a manter seus investimentos por um longo prazo para colher os benefícios do crescimento das empresas.

Sendo assim, o growth investing oferece atraentes oportunidades de lucro a longo prazo, mas também vem com riscos e desafios, incluindo maior volatilidade, o risco de investir em empresas que não conseguem atingir suas metas de crescimento e a necessidade de paciência para esperar que o crescimento se materialize.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

Como escolher growth stocks?

Ao selecionar growth stocks para sua carteira de investimentos, é importante considerar diversos fatores que podem indicar o potencial de crescimento futuro de uma empresa. Aqui estão algumas premissas que os investidores geralmente consideram ao escolher growth stocks:

Forte previsão de ganhos futuros

Uma das principais métricas que os investidores de growth investing analisam é a previsão de ganhos futuros da empresa. Essas previsões, normalmente feitas por analistas financeiros, fornecem uma visão sobre a expectativa de lucratividade da empresa para um determinado período, geralmente trimestral ou anual.

Os growth investors prestam muita atenção a essas previsões, buscando empresas que possam apresentar crescimento de lucros acima da média do setor.

Margens de lucro relevantes

Outro fator-chave a considerar são as margens de lucro da empresa. Embora o crescimento das vendas seja importante, é igualmente crucial que a empresa esteja gerando lucros consistentes e saudáveis.

Investidores de growth investing buscam por empresas que não apenas tenham um forte crescimento de receita, mas também sejam eficientes em transformar essa receita em lucro. Margens de lucro crescentes ou consistentemente altas podem indicar uma empresa bem administrada e com potencial de crescimento.

Retorno sobre o patrimônio

O retorno sobre o patrimônio (Return on Equity – ROE) é uma métrica que mede a eficiência com que uma empresa utiliza o capital dos acionistas para gerar lucro. Os investidores de growth investing geralmente comparam o ROE atual de uma empresa com seu histórico de ROE e com a média do setor.

Um ROE estável ou crescente pode indicar uma empresa que está gerando retornos sólidos para seus acionistas e operando de forma eficiente. Isso é importante porque empresas com altos retornos sobre o patrimônio têm maior capacidade de reinvestir em seu negócio e continuar crescendo.

Ao considerar esses fatores, os investidores podem identificar growth stocks com potencial de crescimento futuro e construir uma carteira de investimentos diversificada e com boas perspectivas de retorno a longo prazo.

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir o bate-papo
Posso te ajudar?
Olá, posso te ajudar?