Artigos

SEC: o que é e o que faz essa agência dentro do mercado de ações dos EUA

A SEC, ou Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, é uma agência independente criada pelo governo americano para supervisionar e regular o mercado de capitais do país. Sua principal missão é proteger os investidores, garantir a integridade do mercado e facilitar a formação de capital para as empresas.
sec

Você já ouviu falar da SEC? Para você que está de olho no mercado de ações dos Estados Unidos, a SEC é uma agência dentro do cenário financeiro americano. Encarregada de supervisionar e regular o mercado de ações do país, a SEC desempenha um papel crucial na proteção dos investidores, na manutenção da integridade do mercado e na garantia da transparência e equidade nas operações corporativas.

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que é a SEC e quais são suas responsabilidades fundamentais no ambiente de investimentos dos EUA assim como sua estrutura e semelhanças com o CVM aqui no Brasil.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

O que é e para que serve a SEC?

A SEC, ou Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, é uma agência independente criada pelo governo americano para supervisionar e regular o mercado de capitais do país.

Sua principal missão é proteger os investidores, garantir a integridade do mercado e facilitar a formação de capital para empresas através da implementação e fiscalização de regulamentações financeiras.

Em outras palavras, a SEC funciona como uma espécie de guardiã do mercado de ações dos EUA, garantindo que todas as transações sejam justas, transparentes e estejam de acordo com as leis e regulamentos estabelecidos.

Qual a estrutura da SEC?

A SEC é organizada em várias divisões, cada uma com responsabilidades específicas para cumprir sua missão de regular e proteger o mercado de capitais dos EUA. Vamos dar uma olhada mais de perto em algumas dessas divisões:

Finanças de corporação

A divisão de finanças de corporação é responsável por supervisionar a divulgação financeira das empresas publicamente negociadas, garantindo que elas forneçam informações precisas e transparentes aos investidores.

Além disso, esta divisão também monitora e regula operações corporativas, como fusões e aquisições, para garantir que sejam realizadas de forma justa e em conformidade com as leis.

Comércio e mercados

A divisão de comércio e mercados da SEC desempenha um papel fundamental na interpretação e implementação das regras e regulamentos que regem o mercado de valores mobiliários nos Estados Unidos.

Seu foco principal é monitorar as atividades do mercado para garantir a integridade e eficiência das operações. Isso inclui detectar e prevenir práticas fraudulentas, manipulação de mercado e outras atividades ilegais que possam prejudicar os investidores ou distorcer o funcionamento justo do mercado.

Ou seja, a divisão de comércio e mercados trabalha para promover a transparência, a confiança e a equidade no mercado de capitais, protegendo assim os interesses dos investidores e o funcionamento adequado do mercado.

Gestão de investimentos

A divisão de gestão de investimentos tem como principal função fiscalizar empresas de investimentos, como fundos mútuos e consultorias financeiras. Ela se certifica de que essas empresas operem de acordo com as leis e regulamentos aplicáveis, protegendo assim os interesses dos investidores.

Esta divisão realiza inspeções regulares e investigações para garantir a conformidade com as regras estabelecidas, além de promover a transparência e a integridade no mercado de investimentos.

Execução

A divisão de execução tem um papel crucial na aplicação das leis de valores mobiliários dos Estados Unidos. Trabalhando em conjunto com outras divisões, sua principal responsabilidade é investigar possíveis violações das leis financeiras e tomar medidas corretivas quando necessário.

Isso pode incluir a aplicação de sanções, multas e outras penalidades contra empresas ou indivíduos que estejam envolvidos em atividades fraudulentas, manipulação de mercado ou outras práticas ilegais. O objetivo final é garantir a integridade do mercado de capitais e proteger os interesses dos investidores contra comportamentos antiéticos e prejudiciais.

Análise econômica e de risco

A divisão de análise econômica e de risco desempenha um papel crucial, analisando dados econômicos e de mercado para avaliar os riscos associados às operações financeiras. Essa análise envolve a avaliação de tendências de mercado, flutuações econômicas e potenciais ameaças à estabilidade financeira.

Então com base nessas análises, a SEC pode desenvolver políticas e regulamentos destinados a mitigar riscos e proteger os investidores. Essa divisão desempenha um papel fundamental na manutenção da integridade e eficiência do mercado de capitais dos Estados Unidos.

Invista no exterior
de forma profissional!
Conheça o #dólarstart

Aprenda tudo que você precisa para investir na maior bolsa de valores do mundo. Conheça agora o Dólar Start e saia do zero nos investimentos.

Quais as semelhanças e diferenças entre SEC e CVM?

A SEC e a CVM compartilham muitas semelhanças em sua função de regulamentação e proteção dos mercados financeiros de seus respectivos países. Ambas as agências são responsáveis por garantir a transparência, integridade e justiça nos mercados de capitais. No entanto, existem algumas diferenças importantes entre elas:

  • Jurisdição: A SEC opera nos Estados Unidos, enquanto a CVM atua no Brasil.
  • Autoridade: A SEC tem autoridade para investigar e processar violações das leis de valores mobiliários, incluindo crimes financeiros, enquanto a CVM possui autoridade administrativa e depende do sistema judiciário para processar infrações criminais.
  • Sistema de dados: A SEC possui um sistema unificado de dados, facilitando a análise e investigação de irregularidades, enquanto a CVM pode enfrentar desafios na coleta e análise de informações devido à falta de um sistema unificado.
  • Transparência: As operações financeiras nos EUA são mais transparentes, com informações disponíveis ao público de forma mais acessível do que no Brasil.
  • Tempo de investigação e punição: A SEC tende a ter processos de investigação mais rápidos e eficientes, com punições aplicadas de forma mais rápida do que a CVM, que pode enfrentar atrasos devido à burocracia e ao sistema judiciário mais lento.

Apesar dessas diferenças, tanto a SEC quanto a CVM desempenham um papel crucial na proteção dos investidores e na manutenção da integridade e eficiência dos mercados financeiros em seus respectivos países.

Sumário

Invista no exterior de forma profissional!

Aprenda como investir na maior bolsa de valores do mundo.

Leo Fittipaldi
Leo Fittipaldi
Fundador da Dolarame e analista de investimentos certificado (CNPI 3214). Já foi analista de risco na maior Asset do Brasil, atuando em fundos de investimentos com alguns bilhões de reais sob gestão. Atualmente é um dos maiores especialistas em investimentos internacionais do país.

Separamos mais esses artigos para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir o bate-papo
Posso te ajudar?
Olá, posso te ajudar?